OAB/PI quer saber porque o DETRAN/PI está cobrando a CNH digital

Em documento enviado, a OAB solicita esclarecimentos acerca da cobrança, ao tempo em que reforça que a Resolução 687 do Contran, que trata sobre a (CNH-e), não especifica qualquer valor.

Em virtude de notícia vinculada em âmbito nacional sobre a cobrança da taxa da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), feita pelo Departamento Estadual de Trânsito do Piauí (DETRAN-PI), a OAB-PI, por meio da Comissão de Direito do Trânsito (CDT), enviou ofício ao órgão, solicitando esclarecimentos acerca da matéria.

De acordo com a reportagem, a taxa estaria fixada nos seguintes valores: R$ 207,27 (duzentos e sete reais e vinte e sete centavos) para Categoria A e R$ 222,02 (duzentos e vinte e dois reais e dois centavos) para demais categorias de habilitação. Segundo o diretor do DETRAN-PI, Arão Lobão, os valores acima foram fixados em reunião com o DENATRAN e transformados em lei para o Estado.

Foto: TELSÍRIO ALENCAR/PAUTAJUDICIALPresidente da OAB/PI Chico Lucas
Presidente da OAB/PI Chico Lucas

Em documento enviado, a OAB solicita esclarecimentos acerca da cobrança, ao tempo em que reforça que a Resolução 687 do Contran, que trata sobre a (CNH-e), não especifica qualquer valor ou mesmo se esta deverá ser cobrada ou não pelo gestor em sua emissão.

A obtenção da versão digital do documento está sendo feita gratuitamente em vários estados brasileiros, sendo apenas cobrada nos estados do Piauí e Goiás. A emissão só poderá ser feita por quem tem a versão mais recente da carteira de habilitação, com QR Code. Quem tem a versão antiga precisará pedir uma segunda via ou renovar a impressa para, então, solicitar a digital. Não é necessário esperar a CNH vencer para renová-la.

Fonte: REDAÇÃO

Compartilhe este artigo:

Facebook

Enquete

Qual sua opinião sobre porte de armas no Brasil?

  • 5,97%
  • 19,4%
  • 41,79%
  • 4,48%
  • 8,96%
  • 10,45%
  • 7,46%
  • 1,49%

Total: 67 voto(s)

Encerrada em 30/11/2017 17:07

Últimas Notícias

1