Ex-sindicalista e atual governador do Piauí quer processar sindicato

Presidente do Sinpolpi disse que Wellington Dias não lembra mais de sua carreira de sindicalista. "Tá jogando sua história na lata do lixo"

O ex-sindicalista e atual governador do estado do Piauí, José Wellington Barroso de Araújo Dias entrou com uma ação  de danos morais contra  o Sindicato dos Policiais Civis do estado Piauí, o Sinpolpi.

Foto: ReproduçãoO outdoor que gerou a ação do governador contra o sinpolpi
O outdoor que gerou a ação do governador contra o sinpolpi

O ex-sindicalista e atual governador do Piauí pretende arrancar do  sindicato uma quantia significativa de dinheiro na modalidade danos morais através da ação 0807813-11.2018.8.18.0140 que tramita na 7ª vara cível de Teresina.

O motivo que levou Wellington Dias a entrar na justiça contra o sindicato foi o uso de sua imagem  sendo exposta num outdoor   espalhado na cidade com a seguinte frase: “Violência no Piauí tem nome”. A frase é ilustrada com a imagem do governador e do ex-secretário de segurança deputado Fábio Abreu.

Foto: Lucas Dias/GP1Constatino Júnior presidente do Sinpolpi
Constatino Júnior presidente do Sinpolpi

O presidente do Sinpolpi, Constantino Júnior  classificou o gesto do governador de autoritário e intimidatório. “Ele deveria era pagar os sindicatos que o seu governo desconta do contra cheque dos servidores e ele não faz o repasse para as entidades desde  fevereiro. E não querer nos intimidar porque estamos mostrando o verdadeiro responsável pela violência no Piauí” , disse Constantino.

O líder sindical  disse ao Pauta Judicial que o senhor Wellington Dias que foi sindicalista deveria não jogar na lata do lixo sua história. ”Ele chegou onde está graças ao movimento sindical. Agora vem querer processar sindicato, só porque resumiu numa só frase de onde vem tamanha violência?”, ressaltou o sindicalista.

Foto: Pauta Judicial/Telsirio AlencarGovernador Wellington Dias
Governador Wellington Dias

Constantino Júnior disse que acredita na justiça do Piauí. “Nós não tememos esse tipo de intimidação. O juiz de plano vai vê que essa ação não prospera  e nem faz sentido”, falou Júnior.

O Pauta Judicial tentou ouvir o governador Wellington Dias, mas não conseguiu. Em respeito ao contraditório, o espaço está aberto para a manifestação de Sua Excelência.

Foto: ReproduçãoAção contra sindicato tramita na 7ª vara cível de Teresina
Ação contra sindicato tramita na 7ª vara cível de Teresina


.VEJA AÇÃO

Fonte: REDAÇÃO

Compartilhe este artigo:

Facebook

Blogs e Artigos

Enquete

Qual sua opinião sobre porte de armas no Brasil?

  • 5,97%
  • 19,4%
  • 41,79%
  • 4,48%
  • 8,96%
  • 10,45%
  • 7,46%
  • 1,49%

Total: 67 voto(s)

Encerrada em 30/11/2017 17:07

Últimas Notícias

1