Candidato, pai de Camila luta contra o feminicídio e cita Frank Aguiar

Candidato a Deputado Federal pela PMN no PI, pai de Camila Abreu luta contra feminicídio e fala sobre agressão de Frank Aguiar à ex-esposa

Policial, Jean Abreu se notabilizou por sua campanha de combate ao feminicídio após perder precocemente a filha, Camila Abreu, morta em novembro de 2017 pelo então namorado, o capitão da PM-PI Allisson Watisson.

Foto: TELSÍRIO ALENCAR/PAUTAJUDICIALAdvogada Ravena Castro e Jean Abreu pai da estudante assassinada Camila Abreu
Advogada Ravena Castro e Jean Abreu pai da estudante assassinada Camila Abreu

Devido a essa bandeira que defende desde então, depois de tanto sofrimento, Jean Abreu foi pressionado por algumas pessoas a ser candidato a deputado estadual, na eleição deste ano, para defender uma causa tão nobre.

Para Jean Abreu, não há no momento, nenhum deputado, senador ou qualquer político que seja, com mandato, defendendo esta bandeira contra casos de violência contra as mulheres. "E eu quero ser esse político. Que possa mudar as leis, que possa punir de forma mais dura homens acusados de agredir as mulheres".

ASSISTA O VIDEO

Filiado ao PMN, partido que esta na chapa do candidato a governador Dr Pessoa, do Solidariedade, ele vai ter que subir no palanque de um candidato a senador que responde acusação de agressão à ex-esposa. É o cantor Frank Aguiar, candidato ao Senado pelo PRB. Ele é acusado de ter agredido a modelo Renata Banhara, quando ainda estava grávida. 

Na época da agressão, Renata Banhara foi a vários veículos de comunicação da imprensa nacional e revelou todo o caso. Enquanto isso Frank Aguiar se elegia deputado federal pelo estado de São Paulo e logo em seguida tornou-se vice-prefeito da cidade de São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. Até hoje o cantor, conhecido como o "cãozinho dos teclados", evita que o assunto venha a tona.

Nossa reportagem ouviu o próprio Jean Abreu. Perguntamos sobre sua opinião de ter que marchar nesta eleição ao lado de um candidato que é acusado de agressão a mulher, já que a sua bandeira é justamente evitar que mais pais sofram como ele. "Olha, se ele (Frank Aguiar) também agrediu (a própria mulher), que pague por isso. A lei é para todos", afirmou Jean Abreu.

Nossa reportagem tentou ouvir o cantor Frank Aguiar mas não logrou  exito. Em nome do contraditório , o espaço stá aberto para qualquer manifestação de Frank Aguiar.

Fonte: REDAÇÃO

Compartilhe este artigo:

Facebook

Enquete

Qual sua opinião sobre porte de armas no Brasil?

  • 5,97%
  • 19,4%
  • 41,79%
  • 4,48%
  • 8,96%
  • 10,45%
  • 7,46%
  • 1,49%

Total: 67 voto(s)

Encerrada em 30/11/2017 17:07

Últimas Notícias

1