Presidente do TJ-BA, três desembargadores e dois juízes são afastados

Na manhã desta terça-feira (19), a Polícia Federal deflagrou a Operação Faroeste para desarticular um possível esquema criminoso voltado a venda de decisões judiciais por juízes e desembargadores.

O presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), desembargador Gesivaldo Britto, mais três desembargadores e dois juízes foram afastados das suas funções por decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), conforme apurado pelo Bahia Notícias.

Foto: Evandro Veiga/CorreioO presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), desembargador Gesivaldo Britto.
O presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), desembargador Gesivaldo Britto.


Na manhã desta terça-feira (19), a Polícia Federal deflagrou a Operação Faroeste para desarticular um possível esquema criminoso voltado a venda de decisões judiciais por juízes e desembargadores do TJ-BA, além de corrupção ativa e passiva, lavagem de ativos, evasão de divisas, organização criminosa e tráfico de influência.

Mais de 200 policiais federais, acompanhados de procuradores da República, cumprem quatro mandados de prisão e 40 mandados de busca e apreensão em gabinetes, fóruns, escritórios de advocacia, empresas e nas residências dos investigados, nas cidades de Salvador, Barreiras, Formosa do Rio Preto e Santa Rita de Cássia, na Bahia, e em Brasília.

Fonte: BN noticias

Compartilhe este artigo:

Facebook

Enquete

Qual a sua avaliação sobre a gestão de Celso Neto á frente da OAB/PI?

  • 11,0%
  • 7,0%
  • 7,0%
  • 26,0%
  • 42,0%
  • 3,0%

Total: 26 voto(s)

Encerrada em 19/11/2019 13:40

Últimas Notícias

1