OAB/PI empurra em plena crise 13% de aumento nos advogados do Piauí

Segundo uma fonte da cozinha do presidente Chico Lucas, os 13% tem um grande significado para sua gestão. A reclamação é geral na advocacia.

Mesmo sendo uma sugestão do Conselho Federal para reajustar em até 14% o aumento da anuidade nas seccionais, ficaria a cargo de cada estado trabalhar uma possibilidade de aumento nas anuidades pagas pelos advogados. O Conselho da secional do Piauí, sobre o comando de Chico Lucas, decidiu por unanimidade  empurrar uma aumento em plena crise de 13%  em cima da anuidade. A reclamação  é geral no meio da advocacia piauiense.

Foto: Pauta Judicial/Telsirio AlencarAdvogado Chico Lucas presidente da OAB/PI
Advogado Chico Lucas presidente da OAB/PI

Mesmo sendo o estado mais pobre da federação e vivendo a pior crise da história, o presidente da Ordem dos Advogados do Piauí, Chico Lucas não teve compaixão da situação dos colegas advogados. 

O conselho da seccional que tem como presidente Chico Lucas, apenas segue o rito do governo do estado na linha de aumeto de impostos  para seus associados.

EM CONTRA PARTIDA,  A SECCIONAL DO PENAMBUCO REAGIU  ASSIM:

OAB/PE não reajustará valor da anuidade em 2018

A novidade foi aprovada em sessão do Conselho Pleno da entidade.

O valor da anuidade cobrada aos advogados e estagiários inscritos na OAB/PE não será reajustado em 2018. A novidade foi apresentada pelo presidente da instituição, Ronnie Preuss Duarte, em sessão do Conselho Pleno da entidade.

O resultado é fruto da redução de gastos e de medidas para a recuperação de crédito. "Suspendemos benefícios para os advogados e advogadas inadimplentes, como o Recorte Digital, e o acesso gratuito aos estacionamentos credenciados pela OAB. Com isso, conseguimos recuperar crédito para a entidade", destacou a diretora tesoureira da Ordem, Silvia Nogueira.

Além disso, outra contribuição foi a realização da campanha Advocacia Legal para recuperação de crédito. A ação levou funcionários do setor financeiro para 10 cidades do interior, durante os meses de junho e julho, oferecendo opções de pagamento parcelado com cartão de crédito e redução de juros e multas.

Com estas iniciativas, de acordo com Silvia Nogueira, a instituição conseguiu reduzir as despesas fixas mensais em 30%, sendo possível manter o valor da anuidade de 2017, R$ R$ 834.

A seccional ainda ressalta que a jovem advocacia tem direito a descontos que variam de 5% a 25% sobre a anuidade. Além disso, quem pagar à vista até o mês de janeiro consegue 10% de desconto.

Com informações do Migalhas

Tentamos ouvir a parte adversa da matéria, mas não localizamos seus integrantes. O espaço está aberto para sua manifestação. O direito ao contraditório é sagrado aqui no Pauta Judicial.

Fonte: Redação

Compartilhe este artigo:

Facebook

Enquete

Qual a sua avaliação sobre a gestão de Celso Neto á frente da OAB/PI?



Últimas Notícias

1