Deusa do direito luminário (Reprodução)
Blog da Redação O Blogue da Redação visa informar ao mundo jurídico todos os acontecimentos jurídico, politico, esportivo e cultural que existente no judiciário local e nacional.

Cartório  Móvel  do TRE/PI custou quase meio milhão de reais

Gastar é a palavra de ordem da atual gestão do tribunal regional eleitoral do Piauí.Enquanto os tribunais do país inteiro se ajustam  as dificuldades econômicas em que atravessa o Brasil, o tribunal regional eleitoral do Piauí,  gasta compulsivamente.

Foto: ReproduçãoCartório  Móvel  TRE/PI custou quase meio milhão de reais
Cartório  Móvel  TRE/PI custou quase meio milhão de reais.

Uma das  provas está na aquisição do famoso Cartório Móvel comprado pela atual gestão. Aliás, fala a boca miúda que que mais dois cartórios, estão por vir. O mais interessante é já existia  na Corte um  ônibus itinerante  montada para exercer o papel de cartório móvel. 

E claro, o ônibus itinerante se encontrava em pleno funcionamento. Agora pasmem,  o  cartório móvel custou R$ 430.000,00. Ou seja, quase meio milhão de reais. Além, do cartório móvel foi comprado um caminhão para transportá-lo.  Só informando que o ônibus foi doado ao TRE/PI pela justiça do Paraná. 

O ônibus que não se sabe a que fim levou, estava funcionando a todo vapor. O blogue já denunciou também que houve uma compra de 11 veículos que se encontram apodrecendo no pátio do fórum da justiça eleitoral do Piauí, mais precisamente, na av. Marechal Castelo Branco, na zona sul de Teresina.   

Esses veículos estão sem a menor serventia para a justiça eleitoral. Motivo: as picapes Oroch não possuem motoristas. Achando pouco os 11 veículos, a Corte comprou mais dois.

A próxima gestão do TRE/PI vai ter que contratar no mínimo 13 motoristas para a maior frota de carros já adquirida pela Corte eleitoral.

Outra mão de obra grande da próxima gestão da corte  eleitoral, será o resgate do selo de qualidade jogado fora pela atual gestão do TRE/PI.

Aliás, a justiça eleitoral do Piauí que em gestões anteriores foi consagrada com o selo de qualidade na categoria “Ouro” prêmio de alta importância para a justiça concedido pelo CNJ, este ano não teve direito a nada. É que lamentável.

Compartilhe este artigo:

Facebook

Enquete

Qual sua avaliação sobre o juiz das garantias para o país?



Últimas Notícias